sábado, 14 de novembro de 2009

Leia isso: Dewey - Um gato entre livros










Mais uma bela história de animais conquista leitores de todo o mundo e muito provavelmente chegará também aos cinemas como aconteceu com Marley e Eu e outros. Dessa vez o herói é um gato. Na verdade, uma história que tinha tudo para dar errado, acabou se transformando numa bela história e num livro de grande sucesso. Isto mostra como esses nossos amigos animais são especiais. É incrível como um simples gato pode transformar toda uma cidade e conquistar milhares de corações.


Esta é uma história verdadeira ocorrida na cidade de Spencer, Yowa, Estados Unidos. Começa com o encontro de dois desafortunados personagens, dos quais se poderia dizer de que nada de espetacular sairia. Muito menos que ambos se tornariam mundialmente conhecidos. Um deles é um gato amarelo, Dewey, um filhote com poucas semanas de vida. Na noite mais frio do ano foi deixado na caixa de devolução de livros da Biblioteca Pública de Spencer, onde passou a noite não se sabe como... e sua Mãe adotiva Vicky Myron, diretora da biblioteca, mãe solteira, ex-marido alcoólatra e cheia de problemas familiares .....

O gatinho foi ficando na Biblioteca e aos poucos foi sendo apresentado aos frequentadores. Isso continuaria assim, não fosse uma matéria na primeira página do principal jornal da cidade, sob o título: “Perfeito acréscimo ronronante à Biblioteca de Spencer”, que gerou polêmica entre a população local. Uns diziam que a presença do gato era prejudicial à saúde enquanto que outros comemoravam com entusiasmo, entre esses últimos as crianças e os amantes de gatos. Contudo, apesar das divergências iniciais, com o tempo o charme e o carisma de Dewey conquistaram a todos.

Assim, passeando entre as prateleiras, o gatinho tornava-se dia a dia numa celebridade. Chegou um momento em que as pessoas tinham verdadeiro prazer em estar com o simpático gato. Havia senhores que só liam o jornal se o gato estivesse no colo e crianças só liam os livros com o gato do lado. Dava a impressão de que o gato amava a todos e o sucesso da Biblioteca aumentava. Tornou-se ponto de encontro dos moradores. As pessoas queriam fazer doações para os cuidados com o gato. As próprias autoridades locais reconheceram que a cidade, antes parada no tempo, enchera-se de alegria, influenciando no progresso da cidade desde então


Só recentemente é que Vicki Myron em colaboração com Bret Witte resolveram contar a história de Dewey. Assim, ano passado surgiu o livro Dewey, um gato entre livros, um lançamento mundial inclusive no Brasil através da Editora Globo. O livro com 276 páginas, logo conquistou o público em várias partes do mundo, chegando inclusive aos primeiros colocados em vendas em muitos países. Isto mostra que apesar da grande indiferença que os animais encontram em muitas pessoas, cresce também o número de admiradores, defensores e verdadeiros apaixonados por animais, sendo os gatos, apesar de seu grande sentido de independência, um dos animais que mais conquistam os humanos.

3 comentários:

Fabiano Mayrink disse...

Silvana que interesante historia essa do gato, acho que ele merece sim todas as homenagens pois trouxe mais leitores aquela biblioteca

Viviane disse...

Oi Silvana,
linda história! É incrível como os animais são grandes incentivadores humanos, não há nada melhor do que depois de um dia estressante estar ao lado de um bichinho de estimação e brincar com ele dar atenção e carinho.
Beijos!!!

Silvana disse...

Xará querida!

Eu conheci a história do DE faz um tempinho, apesar de não ter lido o livro.

Estou louca pra ler!

Menina, e essa caminha fashion do gatinho??? Linda! Meus gatos iriam amar!

Amooooo gatos! São tudo de bom!

E o Whisky? Está bem? Coloque mais fotos dele no blog!

Beijoooo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...