quarta-feira, 16 de dezembro de 2009

Um Senhor chamado CHAPLIN


"Já perdoei erros quase imperdoáveis

Tentei Substituir pessoas insubstituíveis e esquecer pessoas inesquecíveis

Já fiz coisas por impulso,

Já me decepcionei com pessoas quando nunca pensei me decepcionar

Mas também decepcionei alguém.

Já abracei pra proteger

Já dei risada quando não podia

Já fiz amigos eternos

Já amei e fui amado

Mas também já fui rejeitado

Já fui amado e não soube amar.

Já gritei e pulei de tanta felicidade

Já vivi de amor e juras eternas fiz

Mas "quebrei a cara" muitas vezes!

Já chorei ouvindo música e vendo fotos

Já liguei só pra escutar uma voz

Já me apaixonei por um sorriso

Já pensei que fosse morrer de tanta saudade

Tive medo de perder alguém especial (e acabei perdendo)!

Mas sobrevivi! E ainda vivo!

Não passo pela vida ... E você também não Deveria passar.

Viva!

Bom mesmo é viver com determinação, abraçar a vida

Viver com paixão

Perder com classe e vencer com ousadia

Porque o mundo pertence a quem se atreve

E a vida é muito para ser vivida de forma insignificante ".


Charles Chaplin

4 comentários:

Silvana disse...

Oi Xará querida!!

Estava em falta consigo, pois meu tempo anda bem curto ultimamente. Sorte a sua que está de férias heim???

E vc vai viajar?

É pq quero te mandar uma lembrancinha que spo ficará pronto amanhã ou na sexta. Tenho receio de que o correio não te encontre.

Beijooo

Ah, amoooo o Chaplin. Sábado assisti ao filme O Gande Ditador, que passou no canal Futura.

Lindo demais!!!

Fabiano Mayrink disse...

agora que vi

vou mandar para o email que esta aqui em seu blog

Edna Fadinha disse...

Verdades de Chaplim.Obrigada pela visita Silvana.
Bjs

Luly* disse...

Lindo texto. Ele era fera!
No canal Futura tem dado esses dias um especial sobre Chaplin e o filme "Tempos Modernos". Demais!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...